ASAPP: Alinhamento Semântico Automático de Palavras aplicado ao Português

Ana Oliveira Alves, Ricardo Rodrigues, Hugo Gonçalo Oliveira

Resumo


Apresentamos duas abordagens distintas à tarefa de avaliação conjunta ASSIN onde, dada uma coleção de pares de frases escritas em português, são colocados dois objectivos para cada par: (a) calcular a similaridade semântica entre as duas frases; e (b) verificar se uma frase do par é paráfrase ou inferência da outra. Uma primeira abordagem, apelidada de Reciclagem, baseia-se exclusivamente em heurísticas sobre redes semânticas para a língua portuguesa. A segunda abordagem, apelidada de ASAPP, baseia-se em aprendizagem automática supervisionada. Acima de tudo, os resultados da abordagem Reciclagem permitem comparar, de forma indireta, um conjunto de redes semânticas, através do seu desempenho nesta tarefa. Estes resultados, algo modestos, foram depois utilizados como características da abordagem ASAPP, juntamente com características adicionais, ao nível lexical e sintático. Após comparação com os resultados da coleção dourada, verifica-se que a abordagem ASAPP supera a abordagem Reciclagem de forma consistente. Isto ocorre tanto para o Português Europeu como para o Português Brasileiro, onde o desempenho atinge uma exatidão de 80.28% +- 0.019 para a inferência textual, enquanto que a correlação dos valores atribuídos para a similaridade semântica com aqueles atribuídos por humanos é de 66.5% +- 0.021.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Indexed by Scopus Indexed by Linguistics & Language Behavior Abstracts DBLP Indexed by Directory of Open Access Journals Indexed by REDIB Indexed by Google Scholar