Declaração dos princípios éticos de publicação

Declaração dos princípios éticos de publicação

Este documento resume o comportamento ético esperado pelos Editores, Comissão Científica (revisores) e Autores da revista Linguamática.

Essas diretrizes são baseadas nas Políticas da Elsevier e Orientações sobre Melhores Práticas para Editores de Revistas.

Deveres dos Editores

Decisões de Publicação

Os editores são responsáveis ​​por decidir quais, dos artigos submetidos à revista, devem ser publicados na Linguamática. Os editores estão limitados por exigências legais em vigor, como sejam a difamação, violação de direitos de autores e plágio. Os editores podem consultar a Comissão Científica na tomada de decisões.

Jogo Limpo

Os Editores devem avaliar os manuscritos pelo seu conteúdo intelectual, sem distinção de raça, sexo, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade, ou filosofia política dos autores.

Confidencialidade

Os editores não devem divulgar qualquer informação sobre os manuscritos submetidos a qualquer outra pessoa que não os seus autores, revisores, potenciais revisores ou outros editores.

Deveres dos Membros da Comissão Científica

Contribuição para decisões editoriais

A revisão por pares auxilia os editores na tomada de decisões editoriais e a comunicação de resultados editoriais com o autor podem ajudar o autor a melhorar o artigo.

Presteza

Qualquer revisor selecionado que não se sinta qualificado para analisar um manuscrito ou sabe que não terá possibilidade de realizar a sua imediata revisão, deve notificar os editores de modo a se escusar do processo de revisão.

Confidencialidade

Qualquer manuscrito recebido para revisão deve ser tratado como um documento confidencial. Estes manuscritos não devem ser mostrados, ou discutidos com quaisquer outras pessoas.

Padrões de objetividade

Os revisores devem realizar comentários de forma objectiva. A crítica pessoal ao autor é inadequada. Os revisores devem expressar as suas opiniões claramente, suportando-as com argumentos válidos.

Divulgação e Conflito de Interesses

Informação privilegiada ou ideias obtidas por meio da revisão de artigos devem ser mantidas em sigilo e não devem ser usadas para proveito pessoal. Os revisores não devem considerar os manuscritos em que têm conflitos de interesse resultantes de concorrência, colaboração, ou outros relacionamentos ou ligações com qualquer um dos autores, empresas ou instituições ligadas aos artigos em causa.

Deveres dos Autores

Informação

Os Autores de trabalhos originais devem apresentar um relato preciso do trabalho realizado, bem como uma discussão objectiva sobre a sua significância. Os dados utilizados devem ser representados com precisão no manuscrito. O trabalho deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que os seus leitores sejam capazes de replicar as experiências relatadas. As declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento não ético e são inaceitáveis.

Originalidade e Plágio

Os autores devem garantir que os seus trabalhos são obras originais. Se os autores utilizarem o trabalho e/ou palavras de outros, devem garantir que estes são devidamente citados. O plágio assume muitas formas, desde "fazer passar" o trabalho de outros como artigo do próprio autor, a cópia ou parafraseando de partes substanciais de outro artigo (sem a devida atribuição), ou mesmo a reivindicação de resultados de pesquisas realizadas por outras pessoas. O plágio, em todas as suas formas, constitui um comportamento não ético e é inaceitável.

Publicação Múltipla, Redundante ou Concorrente

Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos que descrevam a mesma pesquisa em mais do que uma revista, atas de congressos, ou qualquer outra publicação primária. O envio do mesmo manuscrito a mais de um periódico é um comportamento não ético e é inaceitável.

Proveniência

O trabalho de outros deve ser empre reconhecido. Os autores devem citar as publicações que influenciaram a natureza do trabalho relatado. As informações obtidas, em particular, como na conversa, correspondência, ou discussão com terceiros, não devem ser utilizadas ou relatadas sem permissão explícita, por escrito das respectivas fontes. As informações obtidas no curso de serviços confidenciais, tais como manuscritos revistos ou pedidos de financiamento, não devem ser utilizadas sem a permissão explícita por escrito do autor do trabalho envolvido.

Autoria

A autoria deve ser limitada àqueles que deram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Quando há outros que participaram em certos aspectos substanciais do projet, estes também devem ser reconhecidos ou listados como contribuidores. O autor correspondente deve garantir que todos os coautores estão incluídas no manuscrito e que todos os coautores viram e aprovaram a versão final do estudo e concordaram na sua submissão para publicação.

Divulgação e Conflitos de Interesse

Todos os autores devem divulgar no seu manuscrito qualquer conflito de interesse, financeiro ou outro, que possa ser interpretado de forma a influenciar os resultados ou interpretação do seu manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

Erros Fundamentais em Trabalhos Publicados

Quando um autor descobre um erro ou imprecisão significativa no seu próprio trabalho publicado, é sua obrigação notificar imediatamente os editores da revista, e colaborar com estes para corrigir o documento.