Visão Geral da Avaliação de Similaridade Semântica e Inferência Textual

Erick Rocha Fonseca, Leandro Borges dos Santos, Marcelo Criscuolo, Sandra Maria Aluísio

Resumo


Inferência Textual e Similaridade Semântica são duas tarefas do processamento de línguas naturais que tratam de pares de trechos de textos. O objetivo da primeira é determinar se o significado de um trecho implica o outro, enquanto que a segunda atribui uma pontuação de similaridade semântica ao par. Esse artigo apresenta os resultados da avaliação conjunta ASSIN (Avaliação de Similaridade Semântica e Inferência) e seu corpus, que foi anotado para ambas as tarefas nas variantes brasileira e europeia da língua portuguesa. O corpus difere de similares na literatura em suas três classes para a tarefa de inferência textual (Implicação, Paráfrase e Neutro) e por ter sido composto de sentenças extraídas de textos jornalísticos. Seis equipes participaram da avaliação conjunta, explorando diferentes estratégias.

Palavras-chave


Avaliação conjunta, inferência textual, similaridade semântica

Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Indexed by Scopus Indexed by Linguistics & Language Behavior Abstracts DBLP Indexed by Directory of Open Access Journals Indexed by REDIB Indexed by Google Scholar